Entidades fazem campanha por duplicação da BR 230 entre Campina Grande e o Sertão

Entidades fazem campanha por duplicação da BR 230 entre Campina Grande e o Sertão

A obra está estimada em R$ 400 milhões e precisará, sem dúvidas, de muita mobilização e vontade política para um dia sair do papel. A duplicação do trecho da BR 230, de Campina Grande até a Praça do Meio do Mundo, na saída para o Sertão, volta a ser uma das bandeiras de luta de entidades e instituições paraibanas.

Foto: Ascom

O projeto deu sinais de que se tornaria realidade anos atrás, mas foi travado por problemas na licitação junto ao TCU.

Uma campanha, feita com outdoors, foi espalhada nas ruas de Campina, alertando para a necessidade da obra.

“Diga sim ao desenvolvimento”, diz a mensagem.

A primeira parte do projeto custaria cerca de R$ 40 milhões. Os recursos precisam chegar através de emendas parlamentares e dos cofres do Governo Federal. No próximo dia 5 de novembro algumas das entidades que estão defendendo a iniciativa farão um evento na Fiep.

A Câmara de Vereadores de Campina Grande, a CDL, a Fiep, a Associação Comercial e a Famup, entre outras entidades, estão abraçando a causa.

Em breve essas instituições pretendem ir em busca dos gabinetes de deputados e senadores, em Brasília.

Com as eleições de 2022 chegando, o sonho da duplicação do trecho bem que poderia ser transformado em ações concretas por parte da bancada paraibana.

No próximo dia 5 de novembro algumas das entidades que estão defendendo a iniciativa farão um evento na Fiep.

A Câmara de Vereadores de Campina Grande, a CDL, a Fiep, a Associação Comercial e a Famup, entre outras entidades, estão abraçando a causa. Em breve essas instituições pretendem ir em busca dos gabinetes de deputados e senadores, em Brasília.

Com as eleições de 2022 chegando, o sonho da duplicação do trecho bem que poderia ser transformado em ações concretas por parte da bancada paraibana.

O pleito é urgente e mais do que necessário

Por Blog Pleno Poder / João Paulo Medeiros

O artigo pode ser acessado no site: Pleno Poder do Jornal da Paraíba