2 de dezembro de 2020

Entidades definem horário de funcionamento do comércio para o mês de dezembro

PADROEIRA: Dia 08 comércio abre até às 16 horas

Empresários e dirigentes da Associação Comercial, CDL, e de sindicatos do comércio de Campina Grande estiveram reunidos na noite desta terça-feira na sede da Associação Comercial, quando acordaram sobre o quadro de horários de funcionamento do comércio de nossa cidade no mês de dezembro. A iniciativa de se estabelecer um horário especial nesse período de fim de ano visa oferecer aos consumidores um expediente comercial com horário elastecido, a fim de evitar aglomerações.

Os dirigentes das entidades empresariais deixaram claro que o quadro de horário serve como uma orientação, cabendo aos estabelecimentos comerciais pelo seu cumprimento – ou não, respeitando as características, a realidade e o mercado de cada atividade empresarial, a exemplo de supermercados e lojas de material de construção.

Após a reunião o quadro do horário especial de fim de ano do comércio de Campina Grande ficou o seguinte:

De segunda a sexta-feira, até às 19 horas, a partir do dia 07

Domingos (13 e 20) até as 14 horas

terça-feira, dia 08 – até às 16 horas.

Sábado (12 e 19) até às 16 horas.

CUIDADOS COM A PANDEMIA

Os representantes empresariais também destacaram a importância dos estabelecimentos comerciais renovarem os cuidados com a pandemia do novo Coronavírus, reforçando as mensagens educativas e as medidas de higiene sanitária.

Os empresários Antonio Andrade (FOTO), da Associação Comercial, Carlos Botelho, da CDL e Divaíldo Júnior, do Sindicato das Empresas de Alimentação e Hospedagem, foram unânimes em reconhecer que neste momento os cuidados devem ser redobrados e que os protocolos de higiene devem ser mantidos para que não haja aumento dos casos da Covid-19 em Campina Grande.

O presidente da CDL, Carlos Botelho, afirmou que a instituição tem reiterado a sua posição de apoio ao comércio seguro, que cumpre as regras e cuida para que seus clientes e funcionários tenham acesso a um ambiente saudável.

Segundo Antonio Andrade Irmão, representante da Associação Comercial na reunião, os estabelecimentos devem continuar seguindo todas as medidas sanitárias visando o controle da pandemia. “A responsabilidade de todos, neste momento, é ainda maior”, destacou.

O presidente do Sindicato das Empresas de Hospedagem e Alimentação, Divaíldo Júnior afirmou que no seu segmento todos os estabelecimentos estão seguindo rigorosamente todas as medidas sanitárias, observando o distanciamento e a demarcação no solo de 1,5m, incluindo álcool e o uso de obrigatório de máscara para os funcionários.