Notícias | 4 de julho de 2020

AliExpress freta voos semanais para agilizar entregas no Brasil

A clientela brasileira é muito importante para a AliExpress, já que o custo-benefício dos produtos oferecidos no e-commerce chinês é bastante atraente. Contudo, a demora para a entrega das encomendas é uma das principais críticas ao serviço. Para agilizar a entrega dos produtos na América Latina, a gigante varejista asiática tem fretado dois voos semanais para o Brasil e o Chile, por meio da companhia Atlas Air.

O Brasil está entre os cinco maiores mercados da empresa e a América Latina é o segundo maior comprador via comércio eletrônico no mundo. O primeiro despacho aéreo dessa parceria na região chegou ao Aeroporto Internacional de Guarulhos, em São Paulo, no dia 6 de junho. Segundo a AliExpress, a medida foi tomada para superar as dificuldades de envio nesses tempos de pandemia do novo coronavírus.

Os voos estão sendo fretados por uma parceria entre a afiliada de logística da Alibaba (controladora do AliExpress), a Cainiao, e o integrador de frete Sinotrans.

Apesar de não enfrentar restrições para entrar nos mercados latino-americanos, o tráfego de cargas foi indiretamente afetado pela drástica redução no transporte de passageiros. Isso ocorre porque os pedidos feitos por meio de um site internacional de comércio eletrônico geralmente são realizados no convés inferior de aeronaves que também transportam pessoas.

Envios temporários

Os contratos com empresas de carga especializadas são uma solução temporária, mas devem continuar por um longo tempo, pois o fluxo internacional de passageiros deve levar anos para retornar ao nível anterior à pandemia.

A própria Associação Internacional de Transporte Aéreo (IATA, na sigla em inglês) acredita que em 2025 a indústria aérea ainda será pelo menos 10% menor do que era em 2019.

Em maio, o AliExpress, em parceria com a Cainiao, anunciou a opção de entrega do AliExpress Premium Shipping, que reduz o tempo de entrega de 30 e 60 dias para 22 e 28 dias, a partir da data de confirmação do pagamento.

Com a opção Premium, ainda é possível rastrear o pacote e seguir as etapas de entrega. No momento do anúncio, o AliExpress disse que os custos de envio poderiam cair até 59% com a nova opção de envio.

Com informações do portal Canal Tech.
* Imagem reprodução