Validação do QR-Code da NFC-e será a partir de 1º de fevereiro

26 de janeiro de 2017 Notícias 0

A partir de 1º de fevereiro, será realizada a validação do QR Code da Nota Fiscal Eletrônica ao Consumidor (NFC-e). Para tanto, a Secretaria de Estado da Receita (SER) volta a alertar as empresas de software e de desenvolvedores, que prestam serviço aos estabelecimentos varejistas para verificar se o URL do site de consulta do código QR-Code impressa na NFC-e está sendo inserido corretamente. O prazo para que as empresas varejistas realizem ajustes na URL foi prolongado até o dia 31 de janeiro.

Como a partir de 1º de fevereiro serão realizadas as validações no QR-Code da NFC-e, todos os desenvolvedores devem verificar:

1) Se a URL do site de consulta QR-Code de nosso estado está correto. A URL é http://www.receita.pb.gov.br/nfce (Regra de Validação ZX02-20)

2) Se foi usado corretamente o código identificador do CSC (Regras de Validação ZX02-104 e ZX02-108).

3) Se o Hash do QR-Code foi calculado corretamente (Regra de Validação ZX02-120).

As informações sobre as regras de validação estão na Nota Técnica NF-e/NFC-e 2015/002, versão 1.41 no linkhttp://www.nfe.fazenda.gov.br/portal/exibirArquivo.aspx?conteudo=hDS5co/qWOc=

O código de segurança de contribuinte (CSC) e o seu identificador (ID CSC) devem ser consultados no site:https://www.receita.pb.gov.br/ser/servirtual/documentos-fiscais/nfc-e/consultar-csc

O QUE É URL – O URL é o endereço de um recurso disponível em uma rede (internet ou intranet), QUE significa em inglês Uniform Resource Locator, e em português é conhecido por Localizador Padrão de Recursos. Ou seja, é um endereço virtual com um caminho que indica onde está o que o usuário procura, e pode ser tanto um arquivo. O URL também pode ser o link ou endereço de um site.

O QUE É QR-Code – O código QR-Code impresso no Documento Auxiliar da Nota Fiscal de Consumidor Eletrônica (DANFE NFC-e), é um código de barras em 2D que pode ser escaneado pela maioria dos aparelhos celulares que têm câmera fotográfica. Esse código, após a decodificação, passa a ser um trecho de texto, um link e/ou um link que irá redirecionar o acesso ao conteúdo publicado em algum site.  Esse tipo de codificação permite que possa ser armazenada uma quantidade significativa de caracteres.

BAIXAR APLICATIVO – Para que o código possa ser escaneado, é preciso contar com um aparelho celular que possua câmera digital e um software de leitura para QR Code. Há uma lista disponível de aplicativos que podem ser baixados e instalados em diferentes modelos de aparelhos celulares. O procedimento de leitura de um QR Code é simples. Execute o aplicativo instalado no seu celular, posicione a câmera digital de maneira que o código seja escaneado. Em instantes, o programa irá exibir o conteúdo decodificado ou irá redirecioná-lo para o site do link que estava no código

Fonte: Secretaria da Receita Estadual da Paraíba

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.