Gastos mundiais com TI deve atingir US$ 3,5 trilhões em 2017, aponta Gartner

25 de janeiro de 2017 Notícias 0

O Gartner aponta que os gastos mundiais com TI devem totalizar US$ 3,5 trilhões em 2017, um aumento de 2,7% em comparação a 2016. Entretanto, essa taxa de crescimento é inferior às projeções anteriores, que eram de 3%.

“2017 estava prestes a ser um ano de recuperação em gastos com TI. Algumas tendências importantes convergiram, inclusive Cloud, blockchain, negócios digitais e inteligência artificial. Normalmente, isso teria impulsionado os gastos com TI muito além do crescimento de 2,7%. No entanto, parte da incerteza política nos mercados globais promoveu uma estratégia de esperar para ver o que acontece, fazendo com que muitas empresas evitassem investimentos em TI”, explica John-David Lovelock, vice-presidente de Pesquisas do Gartner.

Gartner aponta que gastos mundiais com TI deve atingir US$ 3,5 trilhões em 2017 | TI INSIDE Online

Despesas mundiais com dispositivos (PCs, tablets, ultraportáteis e celulares) devem permanecer estáveis em 2017, alcançando US$ 589 bilhões. Um ciclo de substituição no mercado de PCs, os preços altos e as funcionalidades dos ultraportáteis premium ajudarão a incentivar o crescimento em 2018. Os países emergentes irão impulsionar o ciclo de troca de telefones celulares, uma vez que os smartphones nesses mercados são usados como dispositivo principal de computação e substituídos com mais regularidade do que em regiões desenvolvidas.

O mercado mundial de serviços de TI crescerá 4,2% em 2017. Os investimentos dos compradores em negócios digitais, automação inteligente, e otimização e inovação de serviços continuam a impulsionar o crescimento no mercado, mas o cuidado na hora de comprar, alimentado por grandes desafios econômicos, continua a ser um contrapeso para um desenvolvimento mais rápido

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.