Presidente da ACCG participa de debate sobre desafios e prioridades da indústria calçadista na Paraíba

8 de agosto de 2019 Notícias 0

Quais são as oportunidades e ameaças do mercado para o segmento em que estamos inseridos? Esta foi a pergunta realizada a empresários que participam, nesta quarta-feira (7), do I Fórum Estratégico da Indústria Calçadista, evento realizado pelo Sebrae Paraíba em parceria com o Senai, que tem como objetivo principal debater as dificuldades, tendências e oportunidades do setor no estado.

O Fórum, que ocorre durante todo o dia em Campina Grande, na sede da Federação das Indústrias do Estado da Paraíba (Fiep), busca auxiliar os empreendedores que atuam neste segmento a analisar e compreender melhor o atual cenário macroeconômico para, a partir disso, identificar as forças, fraquezas e oportunidades de crescimento do setor.

Para isso, no início do evento, os participantes conheceram as principais tendências do mercado nacional no segmento calçadista, reunindo informações para, em grupos de trabalho, trocarem ideias, sugestões e experiências sobre diversos temas relacionados ao setor. Na ocasião, o empresário e presidente da Associação Comercial de Campina Grande, Marcos Procópio, também conversou com os empresários sobre e-commerce e os desafios impostos pela tecnologia e inovação.

A proposta é que, a partir dessas informações e do diálogo entre os participantes, ocorra a construção de uma pauta comum em defesa dos interesses do setor e para incentivar a sua competitividade.

“Nós estamos buscando, em conjunto com os empresários, realizar esse trabalho de construção de um planejamento estratégico do setor de calçados, com ações para trabalharmos nos próximos anos de acordo com o que está sendo apontado de dificuldades, fraquezas e oportunidades, em busca de melhorar o desempenho e a produtividade do setor”, explicou o gerente regional do Sebrae em Campina Grande, João Alberto Miranda.

Por sua vez, o gerente de Educação e Tecnologia do Senai Paraíba, Janildo Sales, destacou que o setor de calçados está entre os cinco maiores do estado, sendo o evento uma oportunidade para que as duas instituições possam contribuir com o seu crescimento.

“Ainda percebemos que há uma necessidade de contribuir com o setor, para que ele possa, de forma conjunta, defender os seus interesses e estudar possibilidades. Além disso, o Fórum é uma oportunidade de, conjuntamente, vermos quais são as suas necessidades, para que nós do Senai possamos nos posicionar e ofertar aquilo que realmente vai interessar ao mercado”, afirmou.