Aliexpress é o terceiro site que os brasileiros mais compram

20 de abril de 2018 Notícias 0

O AliExpress já é a terceira loja online, em vendas e em reconhecimento de marca no mercado brasileiro. O Brasil, porém, é um desafio sério para a empresa chinesa por conta da logística. Os produtos deixam a Ásia em uma, no máximo duas semanas. Mas, mesmo com os impostos já embutidos no preço, o tempo de passagem pela alfândega e, depois, entrega pelos Correios ultrapassa os 30 dias ou mais. E às vezes se perdem.

A Alibaba vende para os consumidores internacionais, através do AliExpress.com, um site lançado em 2010, que vende mercadorias de 40 categorias diretamente para consumidores em 200 países. Embora o Alibaba não divulgue regularmente o volume de transações no AliExpress.com, a empresa informou antes do IPO, em setembro do ano passado que o valor dos produtos comprados no AliExpress.com excedia US$ 4,5 bilhões no ano encerrado em 30 de junho de 2014.

Em volume de compras, cross-border, o Brasil só perde para a Rússia, no Aliexpress. As categorias mais populares, perante o público brasileiro são: produtos para casamentos, moda, eletrônicos e jóias.

A entrega continua sendo um grande desafio para as empresas de comércio eletrônico na América Latina, diz Bill Wang, diretor de operações de mercados emergentes da Alibaba. “Um consumidor brasileiro normalmente deve esperar 40 dias para receber os produtos depois de ter feito o pedido no Aliexpress.com”, diz ele. “ Leva de uma a duas semanas para enviar o pacote da China para o Brasil. Mas o tempo para passar pela alfândega brasileira e entrega dentro do Brasil pode levar um total de 30 dias. O tempo para desembaraço aduaneiro ainda é imprevisível e o tempo de entrega dentro do país é difícil de acompanhar ”.

Por que tantos brasileiros fazem compras no AliExpress se tem que esperar um mês para receber seus pedidos? “Primeiro, fornecemos uma grande seleção de produtos e também podemos oferecer um preço muito mais baixo à medida que conectamos os produtores diretamente aos consumidores”, diz Wang. “Os consumidores na América Latina estão acostumados a fazer compras antecipadamente, então eles têm tempo suficiente antes de precisarem dos produtos”.

O AliExpress também aceita muitas opções de pagamento local em cada região, incluindo OXXO no México e boleto no Brasil.

Fonte: Alizila NewsRoom – Alibaba Group

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.