Postos de Combusveis – Parte I

13 de fevereiro de 2017 Opinião do Empresário 0

Problemas enfrentados pela categoria de revenda de combustíveis no interior do estado da Paraíba há muito que se falar. Assaltos, Concorrência, Exigências dos órgãos fiscalizadores, acusações de cartelização, Tributos altos. Escolhi dois dos temas apresentados. Concorrência e Tributos. Como em todos os segmentos do comércio varejista e, apesar dos que pensam o contrário, os principais obstáculos enfrentados pelo varejo são, a concorrência e exigências legais que sempre estão rondando o segmento.

Postos de Combustíveis, em que pese ser varejo (o mais frágil da cadeia produtiva) cercado de cuidados e exigências pelos poderes públicos por se tratar de inflamáveis. Na prática trabalhamos apenas com três produtos: Gasolina, Etanol, e Diesel. Dentre diversas exigências que cercam a categoria, estão Placas indicativas dos preços, padronizadas pela agência reguladora, em que são apresentados os preços dos produtos ao consumidor. O consumidor está de passagem com seu veículo e enxerga de longe os preços praticados pelas empresas.

O objetivo da exigência foi de estimular a concorrência no setor, fato que realmente aconteceu. De outra feita, ao passo que a concorrência se acirrava entre as empresas – com objetivo de reduzir os preços para o consumidor – os tributos aumentavam vertiginosamente. O que se traduz com o fato é que, enquanto os empresários reduzem seus custos e principalmente margem de lucro, os tributos aumentaram em escalas estratosféricas

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado.